quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Os Mercenários 2 - Reencontrando velhos amigos...





Com Simon West (Diretor de Con Air) que tomou das rédeas de Stallone a direção de Mercenários 2,vemos mais uma vez o time de estrelas de filmes de ação reunidos para mais uma missão épica. O enredo é bem simples: Os mercenários titulares (Stallone, Jason Statham, Dolph Lundgren, Jet Li, Terry Crews e Randy Couture) vão a busca de vingança ao perder um membro novato (Liam Hemsworth, irmão de Thor, hehe) de  sua  equipe em uma missão no exterior.

Eles então entram numa jornada em busca de vingança, por sinal bem sangrenta, contra Vilain (Jean Claude Van Damme) e seu particular exercito,que nesse meio tempo, estão atrás de seis toneladas de plutônio escondidos numa caverna qualquer. Os Mercenários terão pelo caminho a ajuda de alguns colegas como o chutador de bundas Trench (Arnold Schwarzenegger) o agente da CIA Sr Church (Bruce Willis) e o misterioso Booker (Chuck Norris) para cumprirem sua missão.

A equipe dos sonhos para os amantes dos filmes de ação não decepciona em Mercenários 2,sequência mais ousada e mais chutadora de bundas do que o filme anterior. Não é um filme cabeça, como todos devem notar, mas é muito bom, um clássico de ação à moda antiga, que funciona como uma nostálgica viagem aos fãs do gênero anos 80 e 90.
As cenas de ação do filme não param um minuto, desde o resgate de um bilionário seqüestrado a uma batalha em um aeroporto contra Vilain e seus comparsas. O Tão cultuado estilo mano a mano se faz presente na rixa entre Van Damme e Stallone, com o nosso herói mostrando toda as suas habilidades de boxeador, nos remetendo a época de Rocky contra a arte do eterno Dragão Branco, que faz um vilão desprezível, cruel de maneira espetacular, que atende pelo nome de Vilain, é isso mesmo,o vilão se chama Vilain tem algo mais anos 80 do que isso?

Hemsworth traz um pouco de humanidade e coração no papel de Billy, enquanto a atriz oriental Yu Nan tem seus momentos de ação. Os momentos mais inesquecíveis do filme são as cenas de Norris,fazendo citações a cerca de suas “proezas” e lembrando até Lobo Mcquade, no filme mostrado como um homem de um exército só.Sem esquecer que nas duas vezes em que aparece é uma destruição generalizada.

Willis parece ter despertado do sonambulismo que tem sido seus últimos filmes para uma cena agradável e também tensa com Stallone no inicio da película e também é inegável o quanto é emocionante vê-los juntos em ação total ao lado de Arnold, relembrando seus grandes momentos no passado do gênero.


Schwarzenegger merece um destaque também neste parágrafo, no filme sempre fazendo referências a personagens antigos, como citações de sua antiga franquia Exterminador do Futuro, sua famosa frase “Eu vou voltar” é repetida no decorrer do filme sempre nos momentos de clímax.

Lundgren, também tem momentos em que se destaca no filme, fazendo até revelações sobre seu passado acadêmico e dotes para Física e Química (só vendo o filme para entender), e Stathan tem aqui alguns momentos de emoção em suas cenas de lutas e facas.

Pena que o mais apagado do filme tenha sido Jet Li que só aparece no inicio e não retorna para a missão principal da sequência.


Como eu disse anteriormente, Mercenários 2 não é um filme de grande roteiro e tudo aquilo que pode classificá-lo como um trabalho de gênio, mas nos rende ótimas sequências de ação, humor, citações a antigos clássicos do gênero e poder também resgatar figuras como Chuck Norris e reunir Stallone, Willis e Arnold em cenas realmente emocionante.

Stallone consegue fechar sua temporada de filmes com um grande sucesso que com certeza será um bloockbuster concorrido nas locadoras.

Indico a sequência  a todos os amantes de ação, pois assistir ao filme é ter a sensação de reencontrar velhos amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário